SÃO JOÃO DO OESTE: O Potencial São João do Distrito de Gameleira da Lapa e o Promissor São João de Sítio do Mato

Written by: Editorial

Distrito de Gameleira da Lapa - Arraiá do Gamelá

O São João no Distrito de Gameleira da Lapa, município de Sítio do Mato, é comemorado há algumas décadas. A relação dos festejos juninos iniciados na trezena de Santo Antônio- Padroeiro do Distrito - se estendiam pelo São João e, timidamente, iam até o São Pedro. 

Assim como na festa de Santo Antônio, o São João se tornou crescente e permanente. Esta indicação até poderia separar as atividades de pequenas brincadeiras como pau-de-sebo e fogueiras premiadas para as crianças e adolescente, passando pelas famosas quadrilhas para os jovens e adultos, e até a simbólica fogueira de porta em porta para os mais velhos.

A relação religiosa era evidente na localidade, uma vez que no mês de março - São José - se plantava e no mês de junho - São João - se colhia. Era assim o enredo necessário para dá espaço às alegrias nas comemorações ao som do tradicional forró de Luis Gonzaga.

Parte dessa cultura ainda é mantida. Quando se inicia o mês de junho, o astral de Gameleira, de pouco mais de 3 mil habitantes, já é outro. Altos e baixos nas comemorações aconteceram, mas a população nunca deixou de festejar o mês mais animado para a população local.

Após vários anos realizando as diversas atividades festivas já conhecidas, em 2002 um grupo de líderes culturais resolveram padronizar e organizar o evento com mais profissionalismo e atrair turistas da região, eis que surge o Arraiá do Gamelá.

A partir daí o resultado foi um produto turístico de proporção significativa, com concursos de quadrilhas, comidas típicas, fogueiras, casamento caipira, gincanas escolares e shows artísticos. A repaginada na festa junina do Distrito chamou a atenção de dirigentes da TV Aratu que passavam pela região, surgindo o primeiro grande patrocinador do evento. Em certo momento até o Ministério do Turismo concedeu apoio ao evento, mas assim como a emissora, foi em ocasião específica.

O fluxo turístico para Gameleira foi algo inédito para a comunidade, pessoas de diversas partes da Região Oeste da Bahia até mesmo algumas do Distrito Federal vieram prestigiar o evento. Caravanas também foram intensas na época.

A iniciativa popular local ganhou a dimensão necessária para que o poder publico apostasse no potencial que tinha o festejo e se manteve, mesmo sem o vigor que tinha inicialmente. Tlavez tenha faltado melhor diálogo e articulação entre população e poder público.

Anos subsequentes, o foco nos shows artísticos desviou a relevante diversidade festiva, deixando de lado a inovação e o fortalecimento das raízes da festa. Outro fator que afetou foi o gerenciamento do evento, seja pela falta de sua oficialidade no calendário festivo municipal ou pela dificuldade de planejamento sem uma comissão local de cultura.

Mesmo assim, o Arraiá continua sendo realizado pelos gestores públicos, mas sem força de crescimento e com evidente limitação regional. A zona urbana do Distrito de Sítio Grande, onde se realiza o o São João de São Desidério, tem estrutura menor e faz um pujante festejo junino.

Com a realização da festa percebe-se melhoria no comércio local, bares e restaurantes, hotelaria, transporte entre outros serviços. É uma ativação do entretenimento com relevante circulação de dinheiro na comunidade.

Algumas bandas e artistas conhecidos já estiveram no Arraiá do Gamelá. Apesar de todo o dinamismo artístico, as atrações continuam sendo peso importante na atração de turistas, que utilizam o mês de junho como ideal para conhecer cultura e novas localidades.

Sítio do Mato - Arraiá do Sítio

Em 2014, os gestores culturais da administração municipal tiveram iniciativa correta e introduziram o Arraiá do Sítio, celebrado na Cidade de Sítio do Mato, visando dá uma dimensão maior aos festejos comemorados no município.

A proposta foi importante porque ficou em sintonia com as atividades juninas, mesmo que pouco divulgada, que já são realizadas na sede municipal. Nesse curto tempo de existência, grande artistas já se apresentaram no Arraiá do Sítio.

São João em 2017

A gestão pública municipal tem mantido a festividade, mas ainda necessita estruturar a área cultural, evitando-se as as dificuldade e inciativas de apoio dos órgãos que financiam o São João, seja ele Estadual ou Federal.

O Arraiá do Sítio é um evento promissor, por elencar outros atrativos turísticos e possuir proximidade com outros centros urbanos maiores, já que seu foco está nas grandes atrações musicais.

Este ano, o Arraiá do Sítio terá como atração principal a Banda Amor de Cinema, Med Júnior e outras atrações regionais. 

O Arraiá do Gamelá tem tudo para ser o São João mais caracterizado de toda a região, por possuir uma raiz forte com os festejos juninos. Ainda carece de uma organização local, como na época que foi criado o Arraiá, e sempre contar com o apoio das autoridades municipais, independentemente.

As atrações para este ano são a Banda Saliva Doce, Shaulin e outros artistas regionais. Além disso, é previsto diversas atividades ligadas ao festejo como quadrilhas e muita fogueira no Distrito.

No geral, são esperados entre 5 a 8 mil pessoas no festejos do município, com públicos de toda região, bem como turistas de Brasílias e Goiás. Esse público poderia ser maior, caso a infraestrutura logística de acesso a BR-242 (BA-161) já tivesse sido recuperada.

O grande diferencial de Sítio do Mato nos festejos é por ser um povo acolhedor e cordial com os visitantes, cultiva as tradições, as raízes que foram bases da cultura do município. Boa localização e com um clima típico do mês de junho também favorecem os festejos.

O São João de Sítio do Mato tem condições de ser inserido no roteiro turístico nacional das festas juninas, mas ainda depende da sua população acreditar que pode mais e o poder público municipal apoiar.


ROTEIRO DAS NOSSAS REPORTAGENS - MAPA DO SÃO JOÃO TRADICIONAL DO OESTE DA BAHIA

Sítio Grande-São Desidério   São Félix do Coribe   Paratinga   Gameleira da Lapa-Sítio do Mato

Category: Jornal do Povo
0 Acesso: 604

SÃO JOÃO DO OESTE: O Histórico São João de Paratinga

Written by: Editorial

O município de Paratinga é um dos mais antigos da região e carrega consigo também as grandes tradições festejadas pela população baiana no mês de junho. Mesmo sendo de relação histórica com o nome de Santo Antônio - nome do município no século XVIII-  e ser também reduto da festa - padroeiro da cidade -, Paratinga também realiza um dos maiores São João do Oeste da Bahia.  

O São João paratinguense foi ao longo dos anos ganhando dimensão em razão da comemoração do aniversário do município, que acontece no dia 25 de junho. Existe um saudável envolvimento entre os líderes culturais e os gestores públicos na realização das festas juninas, o que torna o atrativo turístico consistente.

O apoio dos órgãos estaduais e federais de turismo ao evento tem acontecido de maneira alternada em muitos casos. Mesmo assim, o município mantém a tradição de forma independente na condução e realização da festividade.

Em média, cerca de 35 a 40 mil pessoas passam pelo evento, que contempla o aniversário da cidade. Diversos artistas de peso nacional já passaram pelo palco paratinguense no São João.

É notório a movimentação da economia local, envolvendo várias pessoas na preparação e no atendimento ao público. Aquece o comércio local, os serviços de hotelaria, turismo e alimentação.

Com população total de mais de 32 mil habitantes, o município é célebre em formar instrumentistas musicais pela histórica Filarmônica 13 de junho, responsável além de formar novos talentos de ser protagonistas nas principais datas festivas do município e região.

A cidade recebe milhares de turistas nos dias da festa junina, com público de toda região e municípios do seu entorno, além de turistas de Brasília, Goiás e São Paulo. É possível prestigiar diversas atividades artísticas e culturais nos dias programados.

Para o ano de 2017, o São João de Paratinga também já tem sua grade de atrações divulgada, com destaque para a tradicional Banda Cavalo de Pau, Batista Lima (ex-Limão com Mel) e Forrozão das Antigas.

No Oeste da Bahia, Paratinga é uma das cidades mais movimentada no período junino, com boa localização e estrutura para receber o público forrozeiro. A cidade faz parte do calendário oficial do de São João da Bahia, que é promovido nas diversas regiões do Brasil.

Category: Jornal do Povo
0 Acesso: 335

SÃO JOÃO DO OESTE: O São João de São Félix do Coribe

Written by: Editorial

O município de São Félix do Coribe realiza os festejos juninos aliando tradição e inovação, o que consolidou o evento turístico.

Há alguns anos atrás, o poder público local estruturou a festa popular com fortalecimento da tradição, buscando promover as riquezas culturais e trazendo grandes shows para o município.

Apesar de uma população pequena, próximo de 16 mil habitantes - equiparada a população de Sítio do Mato -, os líderes locais e os gestores públicos buscaram consolidar os atrativos turísticos da localidade como forma de aumentar o dinamismo do município.

A festa junina é realizada na Sede municipal, aproveitando a logística regional por estar nas imediações da BR-349 na divisa com a cidade de Santa Maria da Vitória, e hoje está entre as festas de São João mais conhecida da região.

No início, mesmo longe dos apoios governamentais, os membros culturais do município têm focado na iniciativa local como principal mecanismo de sustentabilidade das tradições populares presentes na vida do povo são-felense. E o São João é uma dessas tradições de destaque.

Além das tradicionais quadrilhas, foi introduzido no período festivo a Micareta das crianças, evento que visa transferir a cultura e o conhecimento sobre os festejos juninos para a nova geração. Em razão disso, a Prefeitura elevou a categoria, passando de Micareta das Crianças para São João das Crianças. As principais atividades são as quadrilhas escolares e outras relativas aos festejos.

Após anos de construção e aos poucos com apoio dos órgãos de fomento ao turismo estadual, o São João de São Félix se estabeleceu e hoje é roteiro para diversos turistas, principalmente do Norte e Noroeste do Estado de Minas Gerais, além de Goianos e Candangos.

As gestões municipais têm trabalhado o evento turístico para promover emprego e gerar renda às famílias locais, no qual envolve diversos setores da micro região.

Para o ano de 2017, o calendário de eventos e as atrações musicais já foram publicadas, com destaque para os shows das bandas Catuaba Com Amendoim e Calango Aceso, além de bandas como Forró Perfeito e outras regionais.

No calendário anual do Estado da Bahia, o município sempre é referenciado e já é considerado com um dos destinos consagrados do São João da Bahia.

Category: Jornal do Povo
0 Acesso: 175