Escolas Públicas de Gameleira da Lapa Se Renovam e População Aprova

Nos últimos anos, as escolas públicas do Distrito de Gameleira da Lapa, município de Sítio do Mato, vinham perdendo capacidade de envolver as crianças, os jovens e mobilizar a comunidade em geral, seja em forma de aprendizado ou mesmo de campanhas de conscientização.

O que foi feito em 2016 deu um novo ânimo na capacidade da escola ser o agente transformador na comunidade, ao mesmo tempo em que se constrói uma ponte entre o atual momento e o futuro na vida das pessoas. O amplo histórico do Distrito, no que diz respeito a eventos escolares e comunitários, revela uma enorme capacidade da população local imaginar e projetar determinadas situações, passando pela da tentativa de criação artesanal de um pequeno "avião" e  até de uma "embarcação motorizada", principal meio de transporte no Século passado.

Este histórico seria um cenário ideal para os pesquisadores e historiadores de Gameleira da Lapa poderiam investigar, documentando as invenções e criações locais que retrataram o talento de muitos jovens e adultos de tempos antigos.

Muitos anos antes, entre a década de 1990 e meados dos anos 2000, o Distrito era fortemente atuante em eventos escolares, culturais, aulas de campo, campanhas diversas, participação ativa em datas comemorativas entre outras atividades de cidadania. De um certo tempo pra cá, estas ações perderam vigor, o que acabou desmotivando alunos e toda comunidade.

Com base nessa linha, é importante destacar que as escolas são o ambiente adequado para fomentar o conhecimento e de propagar informação, se tornando em combinação ideal para uma comunidade que necessita de melhorar a compreensão do mundo moderno, preservação da cultura local e das riquezas naturais.

Nesse processo, as principais escolas do Distrito de Gameleira da Lapa vêm passando por uma relevante renovação, no intuito de potencializar a capacidade e criatividade estudantil, melhorar o auto-estima dos alunos, seja na forma da interação ou na forma de aprendizado, ao mesmo tempo em que a desenvoltura beneficia toda comunidade gameleirense.

Em 2016, a Escola Estadual Thomaz Leite sofreu mudanças na sua direção e, mesmo nas dificuldades impostas pelo setor educacional, recebeu um novo dinamismo, envolvendo toda a comunidade escolar. Com cerca de 140 alunos do Ensino Médio, a direção do Colégio está no comando da Professora Gardênia Ferreira, Pós-Graduada em Matemática, e tem sido bastante elogiada em seu primeiro ano no comando do colégio.

Recentemente, o Colégio desenvolveu atividades diversas, como os Jogos Escolares, Dia da Consciência Negra e o TransformaÊ, um dos destaques na agenda da Secretaria Estadual de Educação. Alunos, Professores e todos funcionários estiveram diretamente envolvidos nos eventos.


Em uma breve conversa com a Diretora, a ideia destes eventos é trazer uma nova dinâmica ao ensino, cujo "objetivo é trabalhar de forma harmoniosa, em que o aluno adquira mais conhecimento, tendo o espaço necessário onde o aluno é o protagonista", destaca .

No mesmo caminho, a Escola Municipal Irmã Petronila Muller também tem desenvolvido atividades importantes. Atualmente, a escola conta com cerca de 530 alunos do Ensino Básico e Fundamental; apesar da complexidade de trabalhar com a criançada, a escola é comandada pela Diretora Zilma Rodrigues, Pós-Graduada em Letras, que também tem sido reconhecida pelos trabalhos a frente da escola.


O destaque recente da escola foi a campanha de conscientização sobre a questão do lixo, mostrando uma nova concepção da questão ecológica no Distrito. "A atividade é extremamente importante porque muda o comportamento da comunidade gameleirense através das crianças, sendo que esta, naturalmente, levará o aprendizado para os seus lares, contribuindo para um melhor atitude das suas famílias", retrata um dos professores.

De maneira geral, ambas as diretoras estão fazendo um grande papel para a comunidade gameleirense, mas necessita de maior apoio e compreensão da população. As dirigentes e equipe são responsáveis por normas, condutas e atos administrativos no âmbito da escola. Porém, os pais e familiares precisam acompanhar o desenvolvimento do aluno, o seu comprometimento e comportamento nas atividades escolares, consolidando assim o termo de "família é parceira da escola".


Nestas ações é fundamental ter o apoio da Secretaria de Educação do Estado da Bahia, através do Núcleo Regional de Educação, e da Secretaria Municipal de Educação. As iniciativas necessitam de auxílio, seja ele material, técnico e ou financeiro.

Cabe destacar os avanços que o Distrito vem tendo com as atividades oriundas da Casa do Saber, que tem o comando do competente Aparecido Silva. As ações desenvolvidas na instituição tem sido complementar a vida de diversos estudantes, das mais diversas idades. Informática e Capoeira foram as áreas mais procuradas.


Em 2017, são esperadas mais atividades escolares, que envolvam ensino, cultura e esporte que mobilize toda a comunidade, o que resultará em melhoras no aprendizado das crianças e na potencialização de talentos e criação de alternativas de ocupação de tempo dos jovens, que ultimamente vem sendo ameaçados com o avanço do alcoolismo, das drogas e da violência. 

Portanto, a parceria Escola, família e comunidade tem tudo para ser a melhor forma de alterar a realidade, fomentando a criatividade, a descoberta de talentos e se associando com o potencial cultura que o Distrito de Gameleira da Lapa oferece.

Category: Últimas Notícias
Acessos: 457

Deixar seu comentário

Postar comentário

0 / 500 Restrição de Caracter
Seu texto deve conter 1-500 caracteres
  • Nenhum comentário encontrado