Alunos Estão Sem Aulas Por Falta de Transporte Escolar Em Sítio do Mato

Written by: Editorial

Diversos alunos e familiares comunicaram nossa redação sobre a falta de transporte escolar em algumas comunidades rurais no município de Sítio do Mato. O transporte escolar é condição básica para os alunos frequentarem as aulas; caso não tenha, os alunos não tem como comparecer às unidades escolares neste início do período letivo. 

Os estudantes residem nas comunidades de Capim, Mangal I, Mangal II, Mangal-Barro Vermelho e Vale Verde-Turbilhão 4, sendo que estes estudam no Colégio Estadual Thomaz Leite, no Distrito de Gameleira da Lapa. A distância média para alguns alunos é de 7 km, enquanto para boa parte varia de 30 km chegando a 50 km.



O impasse não prejudica somente aos alunos afetados pela falta de transporte, dificulta toda comunidade escolar, uma vez que professores ficam com dificuldades de passar o conteúdo somente para uma parcela dos alunos e temem prejudicar os demais que não comparecem por falta de transporte.

O Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Educação, e a Prefeitura Municipal de Sítio do Mato precisam solucionar o mais rápido possível esta falha gravíssima. É preciso respeitar os princípios constitucionais e a base legal que trata a educação e o transporte escolar.


Em pleno Século XXI, aluno nenhum deveria implorar por transporte para estudar. Isto porque, leis e recursos específicos para tal fim existem, cujos são originados do volume de impostos pagos (aos Governos Federal, Estadual e Municipal) por cada cidadão sitiomatense em todos os produtos e serviços consumidos.

Só para reforçar, Sítio do Mato tem uma ampla extensão territorial e uma quantidade significativa da sua população residindo no meio rural, o que foge a realidade de outros municípios baianos. É um município que requer um tratamento especial, seja do Governos Estadual ou Municipal, diante de vários fatores que muitas vezes não é incorporado nas políticas públicas estabelecidas.


Observação: Caso as instituições citadas queiram justificar ou antecipar alguma informação, encaminhar nota para nossa redação: gameleira@gameleiradalapa.com.br ou gameleira.dalapa@gmail.com 

Category: Jornal do Povo
1 Acesso: 3754

Nova Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Sítio do Mato Toma Posse

Written by: Editorial

Na manhã da última sexta-feira, 25 do mês de novembro de 2016, ocorreu nas dependências da sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Sítio do Mato-BA a cerimônia de posse da nova DIRETORIA DO SINDICATO DOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS RURAIS DE SÍTIO DO MATO BA. A nova diretoria terá uma gestão que compreende entre os anos de 2016 a 2020. A referida chapa foi eleita com 64% dos votos, de um total de 580 sócios aptos no processo de votação, tendo como presidente da entidade a Srª Cleuza Rodrigues dos Santos. Confira na planilha abaixo relação dos membros da nova diretoria e seus respectivos cargos.

DIRETORIA EXECUTIVA

 CLEUZA RODRIGUES DOS SANTOS Presidente
 ALBERTINO TELES DA SILVA Secretaria Geral
 EDIMUNDO BATISTA DO NASCIMENTO Secretaria de Finanças
 LUZIA CONCEIÇÃO BERTUNES Secretaria de Mulheres
 LUCIANA FERNANDES DA SILVA Secretaria de Jovens e Adolescentes
 ADÃO ALVES DOS SANTOS Sec. de Política Agrícola, Agrária e Meio Ambiente
 LUCIANO DOS SANTOS LIMA Sec. Políticas Sociais, Organização e Formação Sindical
 MEIRE GOMES DA SILVA Secretaria de Assalariados Rurais

 

 SUPLENTES DA DIRETORIA
 ARLINDO FERREIRA DE SOUZA
 EUNICE RODRIGUES DE SOUZA
 GERMANA LIMA DE ABREU
 ISABEL FARIAS DOS SANTOS
 MARCOS ANTÔNIO DA SILVA
 NEUSA MARIA AFONSO DE ALMEIDA
 NILZA MEDEIROS CONCEIÇÃO DOURADO
 ZILEIDE MACIEL DA SILVA

 

CONSELHO FISCAL
 AMÁRIO DOS REIS LIMA
 FRANCISCO GOMES PEREIRA
 NAIR ABREU DA COSTA
 EVANILDE NASCIMENTO SANTOS - Suplente
 FRANCISCA NONATO DOS SANTOS - Suplente
 VALDIMAR PEREIRA DA SILVA -Suplente

Fonte: Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Sítio do Mato-BA

O sindicato terá longos desafios pela frente, dada a nova conjuntura política, econômica e social que o País vem atravessando. E para fortalecer os trabalhadores rurais, temas relacionados à Previdência Rural e expansão do Empregos deverão ser prioritários, regularizando ainda mais os produtores e trabalhadores rurais e gerando expectativas para os jovens, seja profissionais ou familiar. Esta iniciativa garantirá além da regularidade do trabalho, a seguridade dos trabalhadores quando estiver em idade de aposentadoria.

A qualidade do trabalho no campo é outro ponto chave para ser dialogado e poderá ser fundamental dentro de um nova orientação do desenvolvimento do Município de Sítio do Mato, já que o município tem um potencial agropecuário reconhecido e está na área da badalada região do MATOPIBA, conhecida como a mais forte fronteira agrícola do Brasil.

Category: Jornal do Povo
0 Acesso: 1583