Morre Nelson Xavier, Ator que Participou do Filme Narradores de Javé

Written by: Editorial

Na madrugada desta quarta-feira, 10 de maio de 2017, faleceu no município de Uberlândia, Minas Gerais, o ator Nelson Xavier aos 75 anos de idade. Informações atestam que o ator morreu em decorrência do agravamento de uma doença pulmonar. Nelson Agostini Xavier nasceu em São Paulo, em 30 de agosto de 1941. Chegou a cursar direito, mas os encantos do cinema o fez mudar de profissão.

Considerado um dos grandes atores da TV e do cinema brasileiro, Nelson Xavier já fez vários papeis, ganhando vários prêmios. Mas foi na primeira minissérie da Globo,"Lampião e Maria Bonita"  que viveu um de seus principais papies como protagonistas. Outras participações importantes do ator foram em: "O Pagador de Promessas" (1988),"Pedra Sobre Pedra" (1992), "Irmãos Coragem" (1995), "Senhora do Destino" (2004) e "Babilônia" (2015).

No cinema, uma das suas principais atuações foi no filme "Chico Xavier", em 2010, no qual interpretava o Médium. Foi protagonista em "Narradores de Javé" (2003), participou também de "A Despedida"(2014) e "Trash"(2014). O ator se preparava para lançar Comeback, filme de Erico Rassi sobre um ex-pistoleiro com estreia prevista para 25 de maio.

Nelson Xavier esteve no Distrito de Gameleira da Lapa em 2001, quando participou das gravações do Filme Narradores de Javé, dirigido por Eliane Café. A presença do ator famoso serviu de inspiração para muitos figurantes seguirem como ator e participar de grupos de teatros. 

Na foto tirada no Mercado Municipal pertencente a Dalva Ladeia, moradora de Gameleira que teve participação de destaque no filme, estão entre outros atores Nelson Xavier e Luci Pereira, a Nazaré da novela das nove da Rede Globo, "A Força do Querer" (2017). No período de gravações, Gameleira também recebeu vários turistas que acompanhavam as gravações, pediam autógrafos, tiravam fotos e conversavam com com atores que participaram do filme. Apesar de ser gravado em 2001, o filme foi lançado em 2003 no cinema.  

Category: Jornal do Povo
0 Acesso: 790

Classe Trabalhadora Reage e Vai Parar o Brasil no dia 28 de Abril

Written by: Editorial

Crise política, crise econômica, crise institucional e avanços da operação Lava Jato estão cada vez mais evidentes, no entanto, o Governo Temer e o Congresso tentam aprovar reformas que vão afetar toda a população, seja quem trabalha ou mesmo aquele que ainda busca oportunidade.

Muitos especialistas afirmam que o problema neste momento não está nas reformas, mas sim em resolver os problemas políticos e punição nos casos de corrupção já expostos a sociedade. Após resolver essa "descaração" é que poderia ser pensar em reformas.

O pior de toda essa turbulência é que os atores não querem ou queriam se sensibilizar se as mudanças vão afetar o trabalhador rural, o pobre, o povo do Norte/Nordeste ou as mulheres.

Nitidamente, a maioria dos que estão na frente do processo não sabem o que é uma roça (zona rural), não convive com o pobre, não conhece o Norte/Nordeste e despreza o papel da mulher na sociedade. Tais reformas podem até ser necessárias, mas não levar estas diferenças em conta perde qualquer credibilidade de prosseguir a discussão.

A mobilização já tem a adesão de várias classes de trabalhadores do setores públicos e privados em 26 Estados e no Distrito Federal: bancários, rodoviários, metroviários, professores, aeronautas, petroleiros, metalúrgicos, químicos e entre outras categorias profissionais.

Reforma da Previdência

O Governo alega elevado déficit da previdência e aumento na expectativa de vida do brasileiro como sendo os principais motivos da reforma.

Resumidamente, a proposta envolve aumentar a idade mínima para ter direito ao benefício, maior tempo de contribuição e mínimo para garantir o direito, elevar a idade mínima do trabalhador rural, do agricultor familiar e do pescador.

No Censo do IBGE em 2010, Sítio do Mato tinha apenas 1.059 habitantes com 60 anos ou mais de idade, isto é, menos de 10% da população do município. E a cada 10 pessoas com essa faixa etária, 7 moravam na Sede Sítio do Mato, o que evidencia a baixa expectativa de vida fora da sede do município.

Reforma Trabalhista

Resumidamente, a proposta revoga 18 pontos da CLT e prevê terceirização, flexibilização da jornada, fatiamento das férias e fim da contribuição sindical.

Muitos especialistas apontam uma forte precarização dos direitos trabalhistas, mesmo que seja positiva na geração de emprego. Mas é aquele ditado, "o trabalhador vai se submeter a qualquer coisa ou ficará desempregado. Este é o risco."

Congresso

As propostas já estão em andamento no Câmara dos Deputados. A Reforma trabalhista deve ir a votação ainda neste mês. Enquanto isso, a Reforma Previdenciária deverá ir ao plenário no mês de maio, o mês do Trabalhador.

Category: Jornal do Povo
0 Acesso: 556