Governo Federal Libera Recursos da Estrada Vicinal de Sítio do Mato à Gameleira da Lapa

Mesmo em cenário atual de difícil situação econômica e política no país, o Governo Federal atesta que tem sido o governo do estado e o governo municipal dentro do município de Sítio do Mato, seja através de gastos diretos ou mesmo em convênio com o poder executivo local.

Como se sabe, as condições de locomoção por vias terrestres, dentro do município de Sítio do Mato, são umas das piores da América Latina, desde 2005. A situação foi tão grave que levou o município ao topo da extrema pobreza no Estado da Bahia. As péssimas e desumanas condições da rodovia estadual, BA-161,  tornaram grande os desafios da população. Juntamente a isso, a falta de visão das autoridades municipais não enxergaram as Estrada Vicinais como a principal alternativa, principalmente ligando Gameleira da Lapa à Sítio do Mato.

Os prejuízos daquele tempo até hoje são quase incalculáveis. Inclusive, o editorial deste site já encomendou um técnico competente para dar uma dimensão desse retrocesso, desde 2005. Com esse resultado, poderemos dizer o quanto os governos devem ao povo de Sítio do Mato.

Estas condições impostas à população do município mostra a  falta de representação de quem defenda e busque obras para o município, sejam Deputados Estaduais ou Federais. E este tem sido o maior "castigo" à população de Sítio do Mato que vota sem exigir atuação dos parlamentares. E em alguns casos, sem nem conhecer a maioria deles.

As obras federais e estaduais que Sítio do Mato e Gameleira estão tendo, se devem unicamente aos pedidos de líderes políticos locais, prefeitos e ex-prefeitos, alguns vereadores, mas principalmente atuação de técnicos (despolitizados), filhos de nosso município, que desfrutam de respeito nos escalões do Governo Estadual e Federal.

A clemência do povo foi muito bem levada pelas redes sociais do nosso Editorial - a pedido do Comitê de criação da Associação dos Moradores do Distrito de Gameleira da Lapa e Região (AMGL), de forma que sensibilizou ainda mais a atuação dos citados acima. E entre um desse pedidos está a recuperação da Estrada Vicinal que liga Sítio do Mato à Gameleira da Lapa até a Vale-Verde.

Além disso, o Ministério da Integração Nacional foi acionado pelas más condições logísticas que afetavam a obra de Contenção do Processo Erosivo em Gameleira da Lapa. Impedindo a circulação de profissionais da CODEVASF e CERB, e de máquinas e equipamentos da empresa executora. Por um lado, a BA-161 estava praticamente intransitável; por outro, a Estrada Vicinal nunca tinha sido vista como alternativa. A partir daí, o executivo municipal se articulou e realizou convênio com o Órgão Federal.

O Ministério, através da CODEVASF, celebrou convênio com a Prefeitura de Sítio do Mato para recuperação de 15,36 km da estrada vicinal, no valor de R$ 665 mil. Em cálculo simples, seria o custo de pouco mais de R$ 43 mil/km ao final da obra. Vale lembrar, que nem sempre as obras custam os valores máximos dos convênios.

Assim, a obra já foi iniciada e a execução deve ser de no máximo até julho de 2016. Para isso, no dia 08 de março de 2016, a União liberou mais de R$ 220 mil para a referida obra.  Neste caso, se a obra custou o equivalente liberado, o custo fica em torno de R$ 15 mil/km. 

As Estradas Vicinais são muito importante para a locomoção de praticamente todas as comunidades do município de Sítio do Mato. Estas também, facilitam e viabilizam o escoamento da produção agropecuária de todo município, é extremamente útil no turismo rural e pesca. Portanto, estas estradas devem ser sempre prioridade de qualquer governo, desde o seu início eletivo.

Category: Últimas Notícias