GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA ISOLA SÍTIO DO MATO DO MUNDO DESDE 2007

A BA-161, que liga Sítio do Mato ao Distrito de Gameleira da Lapa e a BR-242, já é considerada uma das piores rodovias da América Latina e a pior do Estado da Bahia, por engenheiros e caminhoneiros. A situação da rodovia se agravou depois da última intervenção de tapa buracos em 2004, ainda no Governo Paulo Souto.

De 2006 até o momento, Sítio do Mato e parte do Oeste da Bahia teve os piores Governo do Estado de toda história da Região. Esta avaliação é de parcela significativa de toda população, sem nenhum favorecimento político e de apenas de comparação com governos anteriores.

O Governo Federal tem sido omisso, mas tem beneficiado parte da população através de programas assistenciais e previdenciários. Porém, tem sido péssimo nas questões agrárias, emprego e produção. Já o Governo do Estado, a sequência da matéria dirá.

A regressão de Sítio do Mato desde a sua criação pode ser considerada, com os seguintes culpados: Governo Federal (20%), Governo do Estado (50%) e Governo Municipal (30%).

A inocência da população do município ainda se amarra às promessas e políticas de baixo nível, sendo facilmente manobráveis e fazendo com que os políticos atinjam seus objetivos e a população se manter refém do modelo de poder.

No dia 22 de janeiro de 2016 foi "decretado" o isolamento terrestre de 80 % do município de Sítio do Mato do resto do mundo. O impedimento da locomoção se deve às desumanas condições da Rodovia Estadual,BA-161, trecho que liga Sítio do Mato à Gameleira da Lapa e a BR-242.

Antes, através de lamento que nosso editorial fez, a prefeitura atendeu o pedido e tentou amenizar a situação construindo a estrada vicinal que liga Gameleira ao Sítio do Mato, porém as recentes chuvas e cheia do Rio São Francisco avançou e o trânsito na estrada está proibido. O executivo municipal também não fez o planejamento de implantação das manilhas e prever as quedas d"águas no trajeto. Além disso, demorou muito tempo para fazer as reconstrução dessa estrada vicinal.

Fotos: Sandra Pereira

Os negócios já começam a sentir com o forte desabastecimento de produtos essenciais, como Medicamentos, Gás de Cozinha e Alimentos. Turistas que passavam a temporada em Gameleira da Lapa estão impedidos de viajarem (quem veio com transporte próprio),os demais estão fretando balsas (travessia para Paratinga) e Lanchas e Barcos para Sítio ou Lapa.

O primeiro Governo Jaques Wagner foi o pior da história para Sítio do Mato, sem nenhuma obra no município. o segundo Governo Wagner foi o 2º pior da história, com o programa maluco do então Secretário de Infraestrutura, Otto Alencar, de levar asfalto somente para as sedes do município; em que na época não deu importância para a situação do município, já que 90% da Rodovia BA-161 está na zona rural de Sítio do Mato (a rodovia só foi recuperada até a sede). E por cima, temos a informação que foi a insistência dos prefeitos e vereadores (anteriores e atuais), e principalmente de um técnico, filho da nossa terra, que lutou pela reconstrução da estrada com muita dedicação.

O primeiro título dado por esses governos ao município de Sítio do Mato foi e de município com maior proporção da população em Extrema Pobreza. Agora, é o de título de município mais Isolado da Bahia. 

As votações que os Governadores Eleitos tiveram nos pleitos de 2006, 2010 e 2014 no município não foram dignas pelo tratamento recebido. Talvez, se todo município votasse em branco representaria melhor o que os Gabinetes da Capital acham do município de Sítio do Mato. O município de Sítio do Mato foi e ainda está traído pelo Governo do Estado da Bahia.

A maior desonra está na bandeira que se tinha criado, fazer para quem mais precisa. Aqui em Sítio do Mato precisam mais de 20 Assentamentos Rurais, Comunidades Quilombolas, Dezenas de Fazendas produtivas que gera emprego e renda (inclusive propriedades do dono da TV Aratu), e diversos povoados e um dos maiores Distritos da Bahia. Todos traídos pela malandragem da política brasileira. A marcação é tanta que várias fazendas já perceberam e estão transferindo parte da suas atividades para Goiás e Mato Grosso do Sul, regiões que possuem governos decentes para com o ramo agropecuário.

De 2006 até o momento, a nota do Governo do Estado de 0 a 10 é 0,5, por milagre ou por imposição da Lei manter em funcionamento as Escolas Estaduais.

Enfim, esperamos que o atual Governo do Estado, Rui Costa, recupera pelos menos a credibilidade de Estado Democrático de Direito, cumprindo os deveres constitucionais com a RECONSTRUÇÂO DA BA-161. E que a população de Sítio do Mato não aplauda caso esta obra se concretiza, mas sim cobre por mais obras para o município, isto é, se torne exigente, independente de quem seja o prefeito no poder.

Esta obra diminuiria a mancha que os dois Governos Wagner (juntamente com o modelo político do seu Secretário de Infraestrutura, Otto Alencar) e o primeiro de Rui Costa (Secretário de Infraestrutura indicado de Otto Alencar) causaram na história de Sítio do Mato. Já que esta mancha nunca mais sairá da memória deste povo e nos livros de história do município.

A lei garante parcela significativa de recursos para os cofres do Governo do Estado nas costas da população e da pobreza de Sítio do Mato, por isso, o povo não precisa ter medo de enfrentar quem quer que esteja no poder, pois juristas já garantiram que um pedido de bloqueio de recursos de repasse do Governo Federal para o Governo do Estado pode ser viável, dado os preceitos constitucionais, seja da Constituição Federal ou da Constituição do Estado da Bahia.

Category: Últimas Notícias